Ato marca a abertura da Conferência Municipal de Políticas para as Mulheres da Capital

Um ato marcou a abertura da Conferência Municipal de Políticas para as Mulheres de Porto Alegre. A manifestação fez alusão ao femicídio que ocorreu em São Leopoldo no começo desse mês. Durante o ato, as participantes fizeram um manifesto à favor da vida, usando o caso recente como símbolo da violência enfrentada pelas meninas e mulheres.

Na foto, Luisa Gabriela com as mãos atadas em alusão à jovem que teve as mãos cortadas pelo companheiro
Na foto, Luisa Gabriela com as mãos atadas em alusão à jovem que teve as mãos cortadas pelo companheiro

“‘A violência contra a mulher é considerada comum e a gente não pode permitir isso’, afirmou Luisa Gabriela, uma das organizadoras do ato e representante do coletivo Ponto de Cultura Feminista. Enquanto um grupo de mulheres exibia as mãos enfaixadas, outras levantavam cartazes defendendo mais políticas públicas para o segmento e também o retorno da Secretaria Estadual de Políticas para Mulheres (SPM) extinta pelo governo José Ivo Sartori (PMDB).”

Mais informações na matéria do portal Sul 21.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s